Notícias

Novas Ambulâncias

Legislativo ressalta a importância da força política na busca por recursos e equipamentos

O município conta com mais duas viaturas destinadas a atendimentos na área da saúde: Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Sae (Serviço de Atendimento Especializado). A entrega aconteceu na manhã da última terça-feira, dia 5, no Jardim Público. A Câmara Municipal esteve representada pelo presidente Agnelo Matos e os vereadores João Zaine, Maria do Carmo Guilherme, Raquel Picelli, Júlio Lopes e Geraldo Voluntário. Pelo governo municipal estiveram o prefeito Du Altimari, a vice Olga Salomão e o secretário de Saúde, Marco Aurélio Mestrinel.

Em sua fala, Agnelo Matos destacou a importância da força política do município no que diz respeito à busca por recursos e equipamentos junto ao governo federal. Ele citou que há cinco anos, Rio Claro não tinha sequer uma ambulância – em situação adequada – para o transporte de pacientes. “Conseguimos trazer a UTI Móvel para Rio Claro por vontade política”, enfatizou.

Agnelo Matos observou ainda que Rio Claro investia apenas os 15% obrigatórios do orçamento na área da Saúde e com o apoio da base governista na Câmara passou a aplicar mais de 20% no setor com a atual administração. O presidente encerrou a sua fala enfatizando que as perspectivas de vida das pessoas aumentaram devido à política pública implantada no país pelo governo federal com o ex-presidente Lula a qual tem sequência com Dilma Rousseff. “Com isso, precisamos cada vez mais investir na Saúde já que a população idosa aumenta de forma significativa”, completou.

Na mesma rota, o prefeito Du Altimari discursou sobre a importância do município ter peso político e portas abertas em Brasília. Segundo ele, o custo mensal do Samu chega a R$ 300 mil, com repasse do governo federal na casa dos R$ 120 mil. “Sem o Samu não poderíamos contar com a UPA 24 horas”, sinalizou. De acordo com o prefeito, “Rio Claro faz Carnaval sim, mas, age com responsabilidade na Saúde”, completou.

A vice-prefeita agradeceu o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, pelo envio de duas ambulâncias e a presidente Dilma Rousseff. Já o secretário Mestrinel salientou que a segunda unidade do Samu vai possibilitar dobrar o atendimento na atenção básica enquanto a nova unidade do Sae será destinada a detectar pacientes com HIV nos bairros.

31456_407482019345598_2032282591_n 71883_407482082678925_1147907198_n 222604_407482112678922_2089853327_n 223411_407481946012272_1522220309_n 250662_407481882678945_563522619_n 521991_407482172678916_1382878159_n 560257_407482012678932_1899726764_n 578256_407481846012282_798051219_n 579771_407482159345584_55066194_n

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo