Notícias

Júlio Lopes defende a implantação de semáforo, mão única de direção e recapeamento na Rua M-4

Trânsito confuso com congestionamentos em vários horários, risco permanente de acidentes por conta do trecho único de mão dupla de direção e para agravar mais ainda o quadro o pavimento encontra-se em estágio avançado de esgotamento. O diagnóstico apresentado por Júlio Lopes revela que a Rua M-4 da Avenida M-19 até a Avenida M-37, Jardim Santa Clara, requer intervenções do poder público com urgência.

Para constatar o grau de dificuldade no trânsito, no referido local, o vereador acompanhou o dia a dia de pessoas que circulam diariamente por este que é considerado importante corredor da zona norte, responsável pela ligação do Grande Cervezão com o Jardim Floridiana e também com a Avenida Brasil.

“O recapeamento asfáltico se faz necessário. Infelizmente, o pavimento ficou esgotado não apenas pela circulação de motos e veículos”, disse o parlamentar ao referir-se do número elevado de caminhões e ônibus que utilizam a Rua M-4.

Com a inauguração de conjuntos habitacionais na região conhecida como Sobradão, por conta da Estrada do Sobrado, o tráfego intensificou-se sem que a Rua M-4 recebesse melhorias. “É preciso ficar atento a este tipo de situação. Muitas casas estão em fase final de construção na cidade. O poder público precisa ficar atento ao impacto que o investimento habitacional causará nestas regiões”, aponta Júlio Lopes ao lembrar que caso grave ocorre no Jardim Maria Cristina onde cerca de 400 casas serão entregues brevemente tendo como único acesso um pontilhão estreito.

No caso da Rua M-4, duas medidas, além do recapeamento asfáltico são defendidas pelo vereador. Na primeira delas, Júlio Lopes defende a implantação de semáforo no cruzamento da rua com a Avenida M-23. “O fluxo neste local da Rua M-4 é intenso o dia todo com veículos passando em quatro direções”, alertou. “De acordo com comerciantes, muitos acidentes já aconteceram neste cruzamento”, completou.

Júlio Lopes defende também que a Rua M-4 tenha mão única de direção. Com comerciantes, o parlamentar apurou que a largura da rua impossibilita o tráfego no sentido ida e volta de direção. Em vários pontos da rua há veículos estacionados. A rua não comporta três veículos. “Daí os congestionamentos frequentes”, disse o vereador ao dizer que caberá à Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Sistema Viário definir a mudança. O assunto será debatido no Plenário da Câmara.

Vereador Júlio Lopes sinaliza para a necessidade de investimentos no trânsito do Jardim Santa Clara

546927_497931103634022_1148023785_n

 

 

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo