Notícias

Vereador alerta sobre obra no Inocoop

Vazão por tubos prontos sob a WL, sem canalização
concluída coloca Inocoop em risco, alerta vereador

A vazão garantida pela conclusão dos dois tubos instalados sob a Washignton Luiz para escoamento da Avenida Visconde na região da Rodoviária coloca neste momento o bairro Inocoop em risco. Concluída pela concessionária Centrovias, a obra, devido às novas aberturas, aumenta em duas vezes a vazão do antigo tubo preservado no local.

“Se apenas com um tubo a vazão da água represada na Visconde já chegava ao Inocoop com volume suficiente para inundar o bairro, imagine o que vai acontecer agora que o escoamento passa a ser feito por três tubos”, alerta o vereador Julinho Lopes.

A situação, segundo ele, só irá se ajustar quando a vazão necessária do sistema for garantida também pela tubulação a ser construída para o escoamento entre o Inocoop e o Palmeiras, obra a ser feita sob a linha férrea.

“Antes disso, se toda a água que vier da Visconde não tiver algum tipo de represamento na região da Rodoviária, a situação do Inocoop será muito pior do que já foi”, calcula Julinho Lopes.

Com o objetivo de preservar o Inocoop de enchentes piores, o vereador solicita medidas de precaução. Por meio de oficio encaminhado ao Executivo, Julinho Lopes pede que a concessionária Centrovias providencie alternativa para evitar que um maior volume de água escoe pelos novos tubos até que tubulação sob a linha férrea esteja pronta.

Conforme indica, as providências precisam ser imediatas. “A época das chuvas está para começar e não cabe esperar para ver o que vai acontecer”, pondera. O vereador considera que entre as alternativas a serem estudadas podem ser levada em conta a obstrução parcial dos novos tubos.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo