Saúde

Verbas para saúde é tema de encontro entre Julinho Lopes e ministro Ricardo Barros em São Paulo

O ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), anunciou na tarde desta terça-feira (10), na sede do governo estadual, na capital paulista, a liberação de recursos na ordem de R$ 1 Milhão para Rio Claro, que irão subsidiar a Santa Casa de Misericórdia, além de uma ambulância para o Samu.

Vereador Julinho Lopes (PP) e Ronald Penteado, presidente do PP de Rio Claro, entregam ao ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP), Ofício solicitando a liberação de recursos para a implantação de um Hospital Dia no Cervezão.

Na ocasião, o vereador Julinho Lopes (PP), juntamente com o presidente do PP de Rio Claro, Ronald Penteado e Augusto Machado Diniz Junior, secretário parlamentar do deputado federal Guilherme Mussi (PP), se reuniram com o ministro e protocolaram um Ofício solicitando a liberação de recursos para a implantação de um Hospital Dia, que poderá ocupar parte das dependências do antigo Pronto Atendimento do Cervezão, para realização de procedimentos clínicos, cirúrgicos e terapêuticos de recuperação rápida.

Vereador Julinho Lopes (PP) protocola, com a assessoria do Ministério da Saúde, Ofício solicitando a liberação de recursos para a implantação de um Hospital Dia no Cervezão.

“Entregamos um Ofício nas mãos do ministro Ricardo Barros solicitando recursos para serem investidos na saúde pública de Rio Claro, como por exemplo, para a implantação de um Hospital Dia no Cervezão”, falou Julinho Lopes.

“O ministro também confirmou a liberação de R$ 361.350,00 para serem investidos em leitos de cuidado intermediário e outros R$ 419.358,72 para leitos de UTI. Mais R$ 196.659,17 que serão aplicados em outras áreas. Todos estes recursos já estão disponíveis e serão encaminhados para a Santa Casa”, explicou Julinho.

O parlamentar, com a entrega do Ofício, espera que outros recursos sejam destinados ao município e dessa forma, colabore para a melhoria do atendimento de saúde a população. “O tema de maior preocupação das pessoas é a saúde, então, o apoio do Ministério da Saúde é fundamental, seja na doação de equipamentos, como na liberação de recursos”, finalizou Julinho.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo