Governo

Projeto Primeira Habilitação abre mercado do setor de transporte para jovens de baixa renda

1961712_589972651096533_1112590982_o

Projeto Primeira Habilitação abre mercado do setor de transporte para jovens de baixa renda

Preparar profissionais para que as vagas oferecidas pelo setor de transporte possam ser preenchidas por pessoas qualificadas. É com este objetivo que o Sest Senat desenvolve o projeto Primeira Habilitação. O anúncio foi feito na manhã da última quarta-feira, dia 26, nas dependências da entidade localizada no quilômetro 176 da Rodovia Washington Luiz. Vice-presidente da Câmara Municipal, Júlio Lopes e o deputado estadual Aldo Demarchi acompanharam os trabalhos.

Na apresentação, o coordenador de Desenvolvimento Profissional do Sest Senat, Robson José da Silva, explicou que o projeto é totalmente gratuito destinado a pessoas de baixa renda com idades entre 18 e 25 anos. Segundo ele, o mercado apresenta déficit de mão de obra qualificada motivo pelo qual o projeto foi idealizado.

Devido ao custo da Carteira Nacional de Habilitação, a CNH, o Sest Senat verificou a necessidade de desenvolver projeto que possa transpor a barreira e desta forma qualificar gratuitamente motoristas de norte a sul do país para fortalecer o mercado de trabalho.

O coordenador Robson da Silva, em sua fala, apontou que o projeto vai contemplar 50 mil pessoas no país. Destas, cerca de 10 mil serão contempladas no estado paulista. Ao término do projeto, os aprovados vão receber a CNH categoria B.

Indagado na apresentação do projeto sobre o mecanismo que será adotado para a escolha dos contemplados, o coordenador esclareceu que a seleção dos candidatos estará a cargo do Sest Senat. Na etapa inicial dos procedimentos, os interessados vão figurar no sistema como pré-candidatos.

A partir do encerramento do prazo concedido às inscrições, dia 28 de fevereiro, sexta-feira – pelo site (www.sestsenat.org.br) ou na sede da entidade – o Sest Senat vai apurar qual foi a procura. Para a seleção dos jovens, a entidade utilizará as suas unidades de atendimento, sindicatos e empresas de transporte rodoviário, carga e de passageiros.

O projeto prevê também a continuidade da formação dos jovens para que possam atuar como motoristas profissionais. Para isso, o Sest Senat oferecerá cursos de formação específica à condução de ônibus e caminhão, além de viabilizar a mudança na CNH da Categoria B para as Categorias D ou E.

No treinamento, serão utilizados simuladores de direção de última geração. As aulas seguem a formatação do Programa Trainee de Novos Motoristas e do Programa de Formação de Novos Motoristas.

Para participar do projeto também é necessário comprovar renda familiar de até três salários mínimos. Saber ler e escrever e possuir Carteira de Identidade ou documento equivalente completam a lista de requisitos obrigatórios. Maiores informações pelo telefone 0800 728 2891.

Para Júlio Lopes, trata-se de mais uma excelente iniciativa para as pessoas que buscam qualificação profissional para disputar vaga no competitivo mercado profissional.

“O setor de transporte enfrenta dificuldades nos últimos anos para efetivar contratações. Este projeto do Sest Senat chega para suprir esta carência. É preciso ressaltar que além da qualidade, o curso oferecido será gratuito”, observou Júlio Lopes.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo