Meio Ambiente

Julinho Lopes discute criação da Guarda Municipal Ambiental em Rio Claro

O vereador Julinho Lopes (PP) se encontrou nesta segunda-feira com o secretário de Segurança, Defesa Civil e Mobilidade Urbana, Marco Antonio Bellagamba, a fim de discutir a instalação da Guarda Municipal Ambiental em Rio Claro.

Os problemas gerados pelo descarte inadequado de lixo são muitos e, geralmente, visíveis. Na maioria dos casos, eles se configuram como agressões ambientais e até como uma questão sanitária que coloca em risco à saúde pública.

O parlamentar destacou a necessidade de fiscalização permanente para evitar a proliferação de lixões e depósitos de entulho em terrenos baldios, vias públicas e principalmente em áreas de proteção permanente. “Além de orientar a população a fazer o descarte correto e em locais apropriados, a Guarda Ambiental tem poder para multar os infratores”, explicou Julinho, ao lembrar dos ecopontos espalhados no município.

Julinho Lopes citou que a GCM (Guarda Civil Municipal) possui em seu efetivo homens formados em Gestão Ambiental, preparados para este trabalho. “É possível destacar agrupamentos especializados, que durante a patrulha, possam realizar a fiscalização ambiental”, defendeu o vereador.

“O município gasta, em média, perto de R$ 100 mil por mês para limpar locais onde houve o descarte irregular de lixo e entulho, autuando e orientando os infratores, poderemos, além da economia aos cofres públicos, preservar o meio ambiente”, concluiu Julinho Lopes.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo