Câmara Municipal

Em noite especial, professora Ilara Bellan é homenageada pelo vereador Julinho Lopes na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Rio Claro, na noite da última terça-feira (13), vivenciou momentos especiais. Na oportunidade, mulheres prodigiosas receberam a medalha de Honra ao Mérito Mulher Destaque do Ano. A solenidade integrou o calendário referente à Semana da Mulher, este ano intitulada “Juntas contra o silêncio”. O vereador Julinho Lopes (Progressistas) prestou homenagem à professora Ilara Bellan de Oliveira e Silva, que dedica sua vida à educação e ao voluntariado. “É com muita satisfação que faço esta homenagem à senhora pelo trabalho desenvolvido junto às crianças, aos jovens, especialmente voltado à educação, e também junto ao Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) ‘Jardim Floridiana’. A senhora trabalha com amor, com carinho para com as pessoas que mais necessitam de aprendizado”, enfatizou o vereador à educadora. Professora Ilara, que se fez presente ao lado de seu esposo e demais familiares, agradeceu a honraria recebida. “Muito obrigado por esse momento, Julinho, e que outras pessoas possam seguir esta luz”, comentou. 

Histórico

A professora Ilara Bellan de Oliveira e Silva atende às crianças que têm distúrbio de aprendizagem – esta, a maior ação social por ela desenvolvida.  Quanto à concretização desta atuação, há, segundo ela, o encaminhamento por parte do médico, seja ele psicólogo, fonoaudiólogo, ou por intermédio do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Então, ela realiza uma entrevista com a família para ter ciência das dificuldades para, posteriormente, dar início ao trabalho propriamente dito. Aqueles que possuem uma condição mais favorável auxiliam monetariamente para que seja possível dar prosseguimento ao amparo aos que não detêm condição alguma.

Além do trabalho desenvolvido no âmbito educacional, atua noutras frentes, como no auxílio às crianças e jovens no tocante à parte psicomotora. De acordo com Ilara Bellan, a maioria carece deste amparo. Há, também, ainda neste âmbito, o resguardo tendo em vista o relacionamento social. A professora mantém contato com a escola, com a família e também com os profissionais que atuam com o indivíduo a fim de monitorar seu desenvolvimento. Direciona este trabalho também a adultos, especialmente voltado à alfabetização.

No Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) “Jardim Floridiana”, encontra-se desde o início, há 15 anos. Afiança que neste período houve avanços consideráveis, mas que pouco são notados. Em suas palavras, “são pontos macros em que a gente consegue o micro”. A educadora já presidiu a entidade, e hoje ocupa o posto de secretária.

Houve épocas em que participou do Rotary, onde desenvolveu um trabalho intenso voltado à alfabetização de adultos junto ao falecido professor Serzedelo. Tratava-se do projeto “Farol”.

Apoia em Rio Claro a prática do xadrez. Acredita que a criança e o jovem, quando envolvidos com o esporte, são capazes de vencer as barreiras, além da aprendizagem no sentido de ganhar e perder, o que ela denomina de incentivo social.

Foi proprietária de escola em São Paulo, e também em Rio Claro. De acordo com Ilara Bellan, o primeiro berçário da capital paulista foi de sua idealização, assim como o primeiro em Rio Claro. Atuou no Anglo e na Escola de Educadores, que é um curso de extensão universitária da Unesp. Sempre como voluntária.

Galeria de imagens:

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo