Assistência Social

Em ação conjunta com OAB e prefeitura, Júlio Lopes trabalha por regularização no Bonsucesso

20140805_182736 20140805_183027 20140805_195628 20140805_195753 20140805_202052 20140805_202300

Em ação conjunta com OAB e prefeitura, Júlio Lopes trabalha por 
regularização no Bonsucesso

O amplo trabalho que visa a regularização de imóveis em diversas localidades do município, sonho de famílias que convivem com a incerteza, está na pauta prioritária do vice-presidente da Câmara Municipal, Júlio Lopes. Com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-Rio Claro), secretarias municipais de Ação Social, Obras e Planejamento e também da Associação de Moradores, o vereador trabalha em prol da regularização dos documentos de residências que formam o bairro Jardim Bonsucesso.

De acordo com Júlio Lopes, cabe destaque à participação da OAB que possibilita a realização do trabalho a custo zero para todas as famílias que se enquadram nos critérios sociais necessários para a adesão no programa denominado Assistência Judiciária Gratuita.

“A regularização de imóveis trata-se de uma grande notícia às pessoas que esperam pela documentação há muito tempo. Estamos falando da garantia de posse fundamental para que a família possa ter a tranqüilidade aguardada há anos”, sinaliza Júlio Lopes. “A custo zero o serviço social se completa”, acrescenta o parlamentar ao enfatizar que a barreira financeira em muitas situações afasta as famílias carentes do processo de regularização.

Segundo o vereador, estima-se que mais de 1.000 residências do Jardim Bonsucesso encontram-se em situações irregulares. A seu ver, além da segurança sonhada, a regularização vai contribuir para melhora sensível da qualidade de vida daquela população.

Para verificar a possibilidade de regularização, os proprietários dos imóveis devem procurar a Associação de Moradores do bairro, nesse primeiro momento, para receber todas as informações necessárias. “Trata-se de uma grande oportunidade oferecida para toda a população daquela região da cidade. A regularização poderá ser feita de forma segura e gratuita”, frisa Júlio Lopes.

Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo